Fergie abriu o jogo sobre um período complicado em sua vida. A estrela do grupo “The Black Eyed Peas” revelou ao ‘iNews’ ter sido viciada em cristal de metanfetamina: “Eu sofria de psicose e demência induzidas quimicamente”. Aos 42 anos, ela disse que começou a usar drogas quando era adolescente. Pesado, né?

Fergie em clique para a Vogue Brasil...

Fergie em clique para a Vogue Brasil…

Segundo a publicação, Fergie contou que tinha alucinações frequentes e isso trazia muito sofrimento: “Eu estava [sofrendo] de psicose e demência induzidas quimicamente. Eu tinha alucinações diariamente. Levou um ano depois de sair dessa droga para que os produtos químicos no meu cérebro saíssem e eu parasse de ver coisas. Eu ficava sentada lá, vendo uma abelha ou um coelho aleatório”.

bep-fergie-2017-234984

Sobre o que a atraiu para esse mundo, Fergie confessou que era “muito divertido” no início. “A droga era muito divertida… até o momento que deixou de ser. Mas agradeço porque isso aconteceu comigo. Porque essa é a minha força, minha fé, minha esperança de algo melhor”, desabafou a cantora.

No papo com o iNews, a loura também comentou sobre sua separação de Josh Duhamel, revelando que demoraram muito para anunciar porque queriam ter certeza de que eles “realmente conseguiriam ficar separados” avaliando a situação do filho Axl.

Fergie Josh

O casal informou o divórcio em setembro após oito anos de casamento. Na época, foi divulgada uma declaração dos dois dizendo que eles haviam se separado no início do ano: “Com amor e respeito, decidimos nos separar como um casal no início deste ano. Para dar a nossa família a melhor oportunidade de se ajustar, queríamos manter esse assunto privado antes de compartilhar isso com o público”.

(Vimos em hugogloss.com)