cachorro comida racao 0816 400x800

Quem ama e considera o bichinho de estimação como um membro da família certamente conhece a importância da alimentação para a saúde e bem-estar do pet. Escolher um produto de qualidade, que ofereça todos os nutrientes necessários, é sempre muito importante, assim como a troca gradual da ração, por idade ou necessidade especial, para que o sistema digestório do animal se adapte ao novo alimento.

De acordo com Mariana Martins, pesquisadora da Magnus, fabricante de alimentos para cães e gatos, uma mudança repentina pode acarretar em problemas à saúde, como fezes amolecidas, recusa do alimento, diarreia, vômitos. Para evitar erros na hora de realizar a troca, é preciso ficar atento a algumas dicas simples.

gato comida racao 0816 400x800

Como mudar a ração de cães e gatos

Planeje a mudança antes de o pacote acabar, caso contrário não haverá a possibilidade de troca gradual. O ideal é dedicar sete dias para a troca de alimento do animal. Durante o período, deve haver o aumento gradual da quantidade oferecida da nova ração e a diminuição da anterior, até que, no sétimo dia, o pet esteja consumindo 100% do alimento novo.

Certifique-se de que possui quantias suficientes das duas rações e faça um cronograma como o exemplo a seguir: no primeiro e segundo dias, ofereça mais da ração atual e menos da ração nova (75% da atual e 25% da nova); no terceiro e no quarto dias, sirva 50% de cada; no quinto e no sexto dias, coloque 25% da ração atual e 75% da nova; e, para finalizar, do sétimo dia em diante, deixe o animal consumir apenas a ração nova e provavelmente ele não vá perceber a diferença.

Quando trocar a ração de filhotes

cachorro filhote racao 0816 400x800

Os filhotes de raças mini e pequenas começam a transição para a fase adulta a partir dos dez meses, já os de raça média, aos 12 meses, enquanto os de raças grandes e gigantes podem iniciar a alimentação recomendada para cães adultos a partir dos 18 meses. No caso dos gatos, a troca gradual do alimento de filhote para o de adulto deve ocorrer a partir dos 12 meses.

Nem todo mundo sabe, mas fêmeas em período de gestação (principalmente no terço final) ou lactantes devem, segundo especialistas, se alimentar com ração própria para filhotes. Pets com mais de um mês de idade devem continuar sendo amamentados pela mãe até, pelo menos, o segundo mês de vida, mas o alimento próprio para filhote também deve ficar disponível.

Quando alimentar cães e gatos

Assim como os humanos, os animais também se adaptam à rotina, portanto, é bom ficar atento para que a alimentação se mantenha nos mesmos horários. O organismo se prepara para aquela refeição mesmo antes de ela ser fornecida. Algumas enzimas gástricas são liberadas e os estímulos neurológicos também. Para gatos, é ainda mais importante, pois influencia no pH urinário.

Bichinhos de luxo: Aumenta o mercado de produtos para cães e gatos

(Vimos em vix.com)