mamae amamentando bebe 012017 400x800

Após o período de aleitamento materno exclusivo que vai até o sexto mês de vida, acontece uma grande mudança na vida dos bebês que, além do leite, passam a ter contato com novos sabores. Essa introdução de alimentos até então desconhecidos nem sempre é fácil e algumas crianças simplesmente não aceitam a novidade. Assim mesmo, esse é o momento em que os pais devem introduzir as papinhas na rotina alimentar dos filhos, tanto as salgadas como as doces.

Como alimentar o bebê até completar 1 ano

Até completar 12 meses de vida, o bebê passa por algumas mudanças na alimentação. No começo, enquanto é recém-nascido, a recomendação é que o aleitamento materno seja exclusivo até os seis meses. Depois, conforme vão sendo apresentados novos alimentos, o bebê vai se acostumando aos poucos com a nova rotina até que possa desfrutar das refeições em família.

papinha do bebe 012017 400x800

A seguir, veja um roteiro simples de como alimentar seu bebê até o aniversário de um ano:

Até completar seis meses

O bebê deve ter aleitamento materno exclusivo desde o nascimento até os seis meses, se possível.

Após os seis meses

O menu do bebê após os seis meses é composto de leite materno, uma papa de fruta e uma papa salgada por dia.

Após os sete meses

O menu do bebê após os sete meses é composto de leite materno, uma papa de fruta e duas papas salgadas por dia.

Após os nove meses

O menu do bebê após os nove meses pode passar para a alimentação da família.

Ao completar 12 meses

O menu do bebê a partir de um ano de vida pode acompanhar a alimentação saudável da família. Se na fase de introdução aos alimentos, o lactente não aceitar bem a novidade, a especialista explica que vale a pena complementar a refeição com o leite materno. A partir do nono mês até o primeiro ano de vida, o bebê pode passar gradativamente para a refeição da família, com ajuste apenas na consistência dos alimentos.

O cardápio também deve ter alimentos variados, coloridos e frescos. A monotonia é outro risco que deve ser evitado, sob pena de o pequeno se tornar seletivo demais quando começar a crescer. Uma dica valiosa é amassar os alimentos separadamente para que ele experimente e sinta o gosto de cada um. “Procure também deixar seu filho apreciar o aroma da comida feita na hora. Tudo isso vai despertar os sentidos dele”, enfatiza a pediatra e nutróloga do HCor (Hospital do Coração), Daniela Gomes.

Cuidados com o bebê

(Vimos em vix.com)