cachorros fofos 0816 400x800

Quando você diz ‘vamos passear?’ e ele já aparece com a coleira na boca, ou quando fica cabisbaixo diante de uma bronca, você é capaz de jurar que ele está entendendo tudo que você está falando. E talvez esteja mesmo. Um novo estudo, publicado pelo periódico científico Science, mostra que os cães decifram muito mais do vocabulário e da entonação dos humanos do que antes era imaginado.

Cachorro entende o que falamos?

A pesquisa foi feita por estudiosos da Universidade Eötvös Loránd, que fica na Hungria, com 13 cachorros cujas famílias se voluntariaram para o estudo. Os animais eram de quatro raças: border collie, golden retriever, cão de crista chinês e pastor-alemão.

Os reponsáveis pelo estudo colocaram os cães dentro do aparelho de exame de imagem cerebral – eles foram treinados para ficarem quietinhos nessa situação – enquanto ouviam a voz de seus treinadores.

Os treinadores, por sua vez, deveriam dizer coisas aos cães com aquela entonação fofa que usamos para falar com animais. Depois disso, eles deveriam repetir as mesmas frases, porém sem nenhuma entonação. Por exemplo: um ‘bom menino’ animado e, em seguida, um ‘bom menino’ sem entonação específica.

Eles também disseram termos totalmente sem sentido (como “até parece”) com a entonação animada e com a entonação neutra.

Cachorros compreendem tanto palavras quanto entonação

Ao analisar os exames, os pesquisadores notaram que os cães não entendem apenas a entonação que nós damos à fala. Eles também são capazes de detectar as palavras com significado importante para eles. Apenas essas eram processadas no hemisfério esquerdo dos seus cérebro, enquanto as palavras indiferentes para eles não passavam por esse processo.

cachorro fofo 0816 400x800

Nós, humanos, também processamos as palavras nesse mesmo local do cérebro, com a diferença de que os pets fazem isso apenas para as palavras importantes. Deve ser por isso então que eles só reagem quando dizemos algo referente ao universo deles, certo?

A entonação, por sua vez, vai para o hemisfério direito. E a junção de palavras agradáveis e entonação agradável ativa outra parte: a área da recompensa. O tom e o significado se intensificam mutuamente, da mesma forma que acontece com os humanos.

Esses achados não significam que os cachorros entendam tudo o que dizemos, mas é possível dizer que nosso vocabulário não é completamente indecifrável por eles.

Apaixonado por animais? 4 profissões que você pode considerar

(Vimos em vix.com)