gravida barriga reta final 012017 400x800

O corpo de uma gestante dá muitos sinais de que a hora do seu bebê nascer está chegando. Uma equipe da Universidade de Yale afirma que as diferenças nos hormônios geradas no nascimento de um bebê podem ser a peça-chave para explicar o fenômeno do parto. As contrações, principal característica do nascimento natural, provocam a liberação da oxitocina, um hormônio que os cientistas acreditam que desempenha um papel fundamental no comportamento das mães. Porém, veja como cada etapa do final da gestação indica o desenrolar do trabalho de parto:

Fases do final da gestação

1. Pré-parto

No pré-parto, a gestante começa a ter contrações ainda irregulares e desordenadas, de intensidade moderada e com intervalos de 10 a 20 minutos. Pode haver alguma dilatação na mulher que já teve outro filho e essa fase pode durar de uma hora até alguns dias. E pode ou não haver mudanças no colo do útero nesta etapa do parto.

A partir do momento em o bebê encaixa na pélvis da mulher para nascer, os sintomas do parto podem aparecer de repente e ser até facilmente confundidos com outros desconfortos que afetam a saúde, como diarreia, azia e mesmo um sintoma bem comum no final da gravidez e também durante o trabalho de parto, que são as fortes dores na lombar.

A contração é o sinal mais evidente de que o trabalho de parto está começando. No início, serão irregulares, com intervalos não muito certos e pouco frequentes. Você pode começar a sentir a barriga mais dura, sem que haja dor.

2. Fase Latente

Já na fase latente, as contrações passam a ser mais regulares, com maior intensidade e duração, aumentando progressivamente com intervalos de 5 a 10 minutos.

barriga gravida gravidez 1.16 400x800

Progressivamente, quanto mais regulares forem as contrações, mais intensas e próximas, e quando chegarem a intervalos de 10 em 10 minutos, vá para o hospital. A duração média dessa fase é de 2 a 6 horas.

3. Fase de transição

Na fase de transição, as contrações começam a ser fortes e voltam a ficar desordenadas, com intervalos de 2 a 3 minutos. Geralmente, a mulher sente pressão e tem vontade de fazer força. Seu canal vaginal vai ficar tão paralelo ao canal do ânus que, é bem provável que o bebê o tensione e você tenha vontade de fazer cocô. Isso é bastante frequente, comum e nada prejudicial para a saúde do bebê. Não se envergonhe.

Quando se atinge dilatação, o feto desce pelo canal do parto, na fase de expulsão. Nesse momento, as contrações atingem sua intensidade máxima e com maior duração. Mas os intervalos entre elas voltam a ser maiores, às vezes, de até 5 em 5 minutos, para que tanto o feto quanto a mãe possam recuperar a energia.

Outras curiosidades sobre o parto

(Vimos em vix.com)